Wednesday, October 26, 2005

ENIGMA

Que coisa é esta que fica escorrendo nas paredes do tempo?
Se fica infiltrando nas fendas de nossas almas
Que coisa é esta?


Que coisa é esta que fica ecoando dentro de nossos pensamentos?
Se fica jogando dentro de nossos sonhos
Que coisa é esta?


Que coisa é esta que fica girando em torno de nossos dias?
Se fica alimentando e alimenta as nossas fantasias
Que coisa é esta?


Que coisa é esta que nos faz sorrir, gritar, chorar ou dançar?
Se fica banhando no nosso prazer, ou na nossa dor
Que coisa é esta, o AMOR????

Artur Lopes 26-10-2005, Zurich

7 comments:

111x6 said...

Liz , parabéns pela bela postagem . Um beijo com ternura para você !

Carlos Barros said...

o que é o amor??? existe??? conta-me...
eu sei que existe.

MONALISA said...

E o vosso é muito bonito. Beijos para ti e para o Artur.

Karol said...

Ah Liz, só quem sente pode tentar explicar o inexplicavel amor...
Lindo texto do Artur.
Bjos amiga, tenha um ótimo fds =)

Nilson Barcelli said...

O Artur continua em forma.
Bonito poema.
Vocês são especialistas no amor. Parabéns.
Beijinhos e boa semana.

AS said...

Querida Liz, hoje passei apenas para te deixar um abraço...

Micas said...

Como diz o Nilson, voçês são um exemplo de como se diz "Amor". Beijinho aos dois