Friday, September 02, 2005

MELHOR PARTE


Fecho os olhos
Relembro tua face
Teus olhos penetrantes
Teu sorriso sincero
Na minha imaginação
Sinto o teu abraçar
Que me envolve
Elevando-me ao infinito
Sinto-te presente…
Danço contigo
Viajo no passado
Onde cada musica
É a eternidade esquecida
Deslumbrada por ambos
Vivida por odores
Onde ninguém falava
Apenas sussurrava…
Hoje viajo no tempo
Procuro-te no infinito
Encontro-te no meu íntimo
Na minha vida
Onde a minha melhor parte
ÉS TU…


LIZ, SETEMBRO de 2005

9 comments:

111x6 said...

Liz , passei para conhecer o seu blog e fiquei encantado com o seu olhar ...é lindo . Você tem o meu carinho !

Micas said...

As "partes" complementam-se, nenhuma é melhor do que a outra. Já passei aqui antes mas não consegui abrir o sistema de comentários!! Beijinho grande e uma boa semana para ti amiga

MONALISA said...

Querida Liz, Gosto de ver o rosto de uma pessoa tão doce que vive assim um grande amor. Quero também agradecer as visitas regulares que fazes ao Sítio - desta fiquei a saber que não gostas de Rodrigo Leão.

AS said...

Um lindo poema de amor Liz!...

Um beijo

Nilson Barcelli said...

Que olhos tão belos tu tens.
Como és capaz de os fechar...?

Mesmo com o fechar de olhos..., o teu poema de amor, de mulher apaixonada, é sublime. Gostei de o ler e reler. Escreves cada vez melhor.
Beijinhos

Karol said...

Lindo seu poema Liz, esse seu romantismo me encanta.
Bjos e boa semana =)

Euroafricana said...

Olá Liz!
Tens um olhar de pessoa doce e terna como , de resto, demostras nos teus poemas!
Um grande xi♥ deste lado do atlantico(EUA)
Fica bem!

Carmem L Vilanova said...

Liz querida!
Falas do amor com uma ternura muito grande e isso me encanta!
Gostei do teu poema, como sempre! :)
Hoje vim para ver as novidades e saber como estás!
Vim também para trazer-te flores, sorrisos e muitos beijinhos!

Paula e Rui Lima said...

Olá Liz!
Regressámos à escrita e viemos até aqui ler este teu poema onde sensibilidade e amor vivem no interior da tua escrita poética.
Beijinhos.