Thursday, March 24, 2005

MARCA DO TEMPO

Acordando de manhã
Olhando-me no espelho

Vejo que envelheci
Vejo marcas do tempo

Conciente do presente
Revejo minha juventude

Passado

Belo mas vazio
Emoções perdidas

Rebeldias sem fundamento
Amores e desamores

Sorrisos da inocência
Sentimentos ao rubro

Hoje

Marcada pelo destino
Sinto -me madura

Sei viver intensamente
Cada pedaço da vida

Enobreço cada minuto
Desejando a felicidade

Hoje sei te amar
Não apenas desejar

reconheço

Sentimentos distintos
O amor ... a paixão

Magicamente idênticos
Sinto-os bem diferentes.

AMO-TE

Jamais te vou apagar
Do meu íntimo….



LIZ,24 MARÇO de 2005








9 comments:

Andrea Motta said...

Bom dia LIZ, passei para desejar a você e seus famíliares uma Páscoa plena de Paz e amor. Não poderia no entanto deixar de comentar seu belo poema! A dor indiscutivelmente aflora a sensibilidade e dela ( e com ela) criasse textos maravilhosos. Beijos com carinho.Andréa.

Karol said...

O amor amadurece mesmo Liz... e eu vejo sempre um lado bom nisso tudo...
Vim desejar-te a ti e a tua família uma ótima páscoa, cheia de luz, amor e carinho...
Bjinhos e bom domingo =)

Neringa said...

As spring comes to the world,
bringing sunshine and gladness...
...this comes to you
bringing wishes for joy.

Happy Easter...

RUTRA SEPOL said...

Sabes que eu não queria comentar....mas ás vezes sinto que estou mais perto se o fizer....

Anonymous said...

O tempo amadurece e faz-nos crescer no nosso interior.
O amor como tu o descreves aqui só se vive uma vez na vida enquanto a paixão é vivida muitas vezes nos nossos momentos de fraqueza e delirio. Agarra esse amor LIZ e vai vive-lo junto de quem desejas :)
beijos

Nilson Barcelli said...

Eu já tinha comentado este teu belíssimo poema, mas agora reparo que desapareceu. Provavelmente foi falha minha...
Claro que estás madura. Isso vê-se pelo que escreves. Porque escreves mesmo bem.
Beijinhos e bfs.

ps: Ainda estou a votos. Podes votar hoje e amanhã. Se puderes... Obrigado.

Pecola said...

É mesmo importante saber amar.. :) Isso é realmente uma coisa que muitas vezes só vamos adquirindo com o passar do tempo.. Nem todos nascemos ensinados, não é? :) Mas quando os dois se ensinam mutuamente é tão bom.. :)

Micas said...

Continuo a dizer que não é justo haver tantos kms de terra entre voçês, o vosso amor é capaz de ultrapassar todas as fronteiras.
Aproveito para dizer que preciso que esta semana preciso da tua ajuda, clato se achares que mereço ;)
Beijo e boa semana.

Micas said...

Continuo a dizer que não é justo haver tantos kms entre voçês. Vai em frente e não olhes para trás.
Tenho tido dificuldades em conseguir comentar aqui??
Aproveito para dizer que preciso da tua ajuda, claro se achares que mereço ;)
Beijo e boa semana.