Tuesday, June 27, 2006

DRAMA DA VIDA

Para descobertas parti
Fui em busca da utopia
Meu navio era um sonho
Movido pela fantasia
No oceano da vida
Uma sereia ouvi cantar
Curioso e ingénuo
Deixei-me logo encantar
Desde sempre avisado
Para sereias evitar
Julguei-me forte e diferente
Mas logo mudei de ideias
Pois logo que me encantou
Para o fundo me arrastou
De onde é difícil escapar…
Tarde demais entendi
A dor mo fez descobrir
Que o canto de sereia
Me estava a destruir
O cantar se transformou
Em gemidos de angustia
De me afundar nesse horror….
..
junho de 2006

2 comments:

Anonymous said...

It is life, Liz...

EU, CHITO said...

SABES, EU SEMPRE VOU GOSTAR E TER ORGULHO EM TI ...SEMPRE
PODES PENSAR SEMPRE O CONTRÁRIO MAS EU SEI O QUE SINTO ...