Tuesday, January 11, 2005

LUA CHEIA

Noite ... a lua cheia me fascina
com sua magia me hipnotiza

desce o nevoeiro como um vèu
as estrelas iluminam meu leito

lençois com sonhos de veludo
almofadas com ocultas fantasias

deito-me com o delírio do imaginável
sinto o bater do meu coração

entrego-me ardentemente ao amor
sinto-me embriagada pelo prazer

desfruto da beleza da tua nudez
sinto cada atomo do teu corpo

tuas mãos me tocam com sensualidàde
minha sede, tua boca sacia

minha alma se abre ao teu encontro
teu corpo me invade intensamente

apagas em mim o fogo que me consome
sinto o êxtase do nosso prazer

vivo intensamente cada minuto desta noite
na esperança que não chegue o amanhecer....


LIZ

6 comments:

Nilson Barcelli said...

Excelente poema, pelas imagens e pelo erotismo que transparece das palavras.
Um grande beijo.
(um abraço para ele...)

BlueShell said...

Venho só deixar um beijo e o meu muito obrigada por tudo! BShell

Micas said...

Não sei o que dizer, se Alma de Poeta se Alma que arde de paixão, só sei que adorei. Poema belo, belo. Beijo

Roxanne said...

Lua cheia num poema de letras cheias...que diz muito. Parabéns e Beijinho.

Karol said...

Que a noite de lua cheia seja eterna enquanto dure... E tão bela quanto tuas palavras...
Bjinhos, boa semana =)

Nilson Barcelli said...

Sete dias sem mais escritos?
Um beijo para ti LIZ.