Sunday, December 19, 2004

ALMA GÉMEA


Olhando para o horizonte da vida
abre-se o baú das recordações

sinto-me frágil como uma vidraça
recordando anos amargurados pela solidão

perco-me....

nos passos ágeis para te amar
na estreita calçada da vida

sentimentos e desejos exuberantes
apaziguados pela doçura da paixão

beijos e abraços tão cobiçádos
imaginados em sonhos provocantes

gritos de desespero pela tua presença
são aclamados e exigidos na escuridão

choro....

lágrimas perdidas em nossos lençois
transformam-se num mar de saudade

sonho....

sonhos que te trazem ao nosso quarto
perdendo-me no deslunbramento da luxúria

sinto-te intensamente na minha alma
afagando meus humildes pensamentos

sinto que não estou SÓ
apenas distante da alma gémea

nunca vou dizer ACABOU...........



LIZ, 19 de Dezembro de 2004

10 comments:

BlueShell said...

claro que não, Liz! Gostei imenso...
Tu tens um “dom”. Já sabes qual é?
Jinho, BSHell

Anonymous said...

Nunca devemos desestir,nem pensar em acabar um sentimento tão lindo.As tuas palavras tocam-me e deixam a pensar qualquer pessoa.Parabens :))
BJS

Anonymous said...

Que posso eu dizer AMOR?!!!...
Desde alguns anos que as tuas saudades são as minhas saudades,que as tuas noites de solidão, são as minhas noites de solidão...
MAS NEM POR UM MOMENTO ESTIVES-TE SÓ
AMO-TE

(ps- Amor desculpa, claro que tambem é culpa minha)

Artur

Pecola said...

A eterna ligação ao Outro :) que bonito.

Micas said...

Com um amor assim tão profundo, nenhum dos dois estará só nunca.
Aproveito para vos desejar um Natal mt Feliz, pleno de Amor e Paz e que 2005 vostraga tudo o que mais desejarem;) Beijinhos.

Alma de Poeta said...

Um Natal feliz para ti, com muita paz e amor, junto das pessoas que mais amas. Um ano novo próspero , se possível melhor do que este. Um agradecimento por este ano de convívio bloguista.
Um Beijo

Roxanne said...

oi Liz, como é bom acreditar que não estamos sós nunca, é o que nos aquece nos dias frios...Beijinho e Feliz Natal.

Nilson Barcelli said...

Mais que um bom Natal e um próspero ano de 2005, desejo que continues a fazer por merecer todas as coisas boas por que anseias, para ti própria, família e amigos.
E considera que a utopia, ainda que com os pés assentes na terra, é a última coisa que deve morrer.
Estarei de férias (porque mereço…) desde amanhã até 3 de Janeiro, dia em que espero voltar ao teu convívio amigo.
Beijinhos.

MONALISA said...

Desejo que em 2005 te aproximes do que desejas. Beijo

Karol said...

Liz, apenas uma coisa posso dizer-te: seu texto é lindo, parabéns por conseguir tão bem colocar teus sentimentos em palavras...
Apreciei muito falar contigo hoje, e desculpe-me por chamar te por "você"... mas é o hábito em grande parte do Brasil (normalmente usam o "tu" nas regiões litoraneas).
Desejo-te uma boa semana, bjinhos =)