Tuesday, November 04, 2008


Uma rosa encarnada
Determinada a viver
Aguarda a luz do sol
Para desinibir sua beleza
Cada pétala é unica
Cada traço seu vigor
Cada veia sua raiz..
Aguardando que a colham
Ou meramente admirem
Sua beleza e odor..
Mas nem só da luz
Vive a pétala ou flor
Vive do amor
Vive da paixão
Paixão tão intensa essa
Que faz crescer interiormente
Como pode destruir seu ego....
Escolhe a tua pétala
Faz dela teu destino
Destino tão indiscreto
Tão intensamente impulsivo...
Mas acima de tudo
Ama a vida
Ama quem te ama
Ama a ti próprio...
Liz ,Novembro de 2008



4 comments:

Lucinha/Timel said...

Olá vim atraves do blog de Nilson amigo querido um grande poeta mesmo. Prazer linda.. Parabéns pelo seu blog... e convido vc a me fazer uma visitinha..

http://sonhosecarinhosdetimel.zip.net

"Deus! Dai-nos a graça de aceitar com serenidade as coisas que não podem ser mudadas, coragem para mudar as que devem ser mudadas e sabedoria para distinguir umas das outras. (R. Nienuhr)" beijosss

Nilson Barcelli said...

Belo poema cara amiga.
Tu és numa rosa com toda a luz do sol à tua disposição.
Vigorosa, bela, que ama a vida...
Beijinhos

PS: é verdade que a Timel veio aqui a partir do meu blogue, porque ela nunca mente, e é muito boa pessoa.

Carla Silva e Cunha said...

ola
gostava que fosse ao meu blog e me deixe a sua opinião sobre as minhas telas.
obrigado

bom fim de semana

carla

arte-e-ponto.blogspot.com

Nilson Barcelli said...

Querida amiga Liz, estejas onde estiveres, desejo-te um Natal muito feliz.
Beijos.

24.DEZ.2010