Monday, January 28, 2008

PROCURA DO INTERIOR

Sol brilhante e incandescente
Que ilumina minha alma
Reflecte todo meu ser
Expande cada pensamento ...
Onde procuro no obscuro
Cada sentimento significante
Cada pormenor hilariante
Cada momento oscilante...
Procuro ser quem sou
Ser ou não ser
Igual a mim mesma
Simplesmente o oposto
Diferente pelos traços da vida….
Cada minuto que passa
Debato-me com a razão
Pela paz de espírito
A harmonia de minha alma….

LIZ, Janeiro de 2008




5 comments:

PHYLOS said...

Passei por aqui e gostei do teu cantinho. Belas imagens e bons textos. Parabéns!

Rafael Daher said...

Acabei de me maravilahr com suas palavras;;; sou do recanto dos versos. Que bom que meu blog ja esta em portugal ahahah
como descubbriu? agora estou na correria aqui.. obrigado pelo carinho... agora tenho mais um sitio para minhas emoçoes diarias.
Um beijo, Rafa

Nilson Barcelli said...

Bela procura cara amiga.
Procuro ser quem sou
Ser ou não ser
Igual a mim mesma
Simplesmente o oposto
Diferente pelos traços da vida….
Ou a consciência da nossa imponderabilidade.

Bfs, beijinhos.

Stellinha said...

Quando perdemos o medo de ir em busca do mais profundo de nossa Alma...então sim...encontramos finalmente o sentido de nossas vidas.
BELÍSSIMO QUERIDA LIZ!
Obrigada por seu carinho. Quando tiver um tempinho, apareça, e venha tomar um chá, ou mesmo um café delicioso comigo...
Beijinhos Carinhosos
Stellinha :)

Nilson Barcelli said...

Um bom fim-de-semana para ti.

Beijinhos.