Monday, June 20, 2005

FEITIÇOS DA LUA


Posted by Hello chinho:)

Grito no escuro
Onde reina a cegueira
.
Cada rosto é definido
Por um simples toque
.
Posso
dizer-me daltónica ,
Viúva do teu olhar
.
agora
Escondida com vergonha
Por detrás do véu branco
.
Vou sentir-me perdida
Sem tua companhia
.
contigo
ausente, meu amante
Vou ficar na solidão
.
Gritando ás estrelas
Para me devolverem
.
Sonhos e delírios
tanta vez enfeitiçados
Pla magia do LUAR….
.
.
.
LIZ, JUNHO de 2005

11 comments:

Eliane Alcântara. said...

Liz, estava com saudade daqui, mas andei mais perdida do que tudo e nem pude contar com o 'luar'.
Parabéns por seus poemas que continuam encantadores!
Beijos!

MONALISA said...

Vim deixar-te um beijo, Liz. Gosto de ver o amor assim cantado.

Micas said...

Liz espero que esteja tudo bem. Deixo-te um beijinho. Sobre o poema...sempre profundo e sentido...

Anonymous said...

O luar é defenitivamente o mais belo momento de viver um amor.
A lua trás seus feitiços e desejos...
Sabes traduzir a intensidade dos momentos de uma forma simples e aberta.
beijo e adorei te ler :)

AS said...

Sempre foi algo de mágico o fascínio que a lua exerce sobre nós!...

Um beijo

Pecola said...

A lua inspira mesmo algo em nós.. Ainda há duas noites, ao ver a lua cheia, me senti tão.. diferente. =o)

Nilson Barcelli said...

Viúva do teu olhar...

Gostei desta expressão, em particular, e de todo o poema em geral.

Um abraço para o Artur.
Beijinhos

Paula e Rui Lima said...

Gostámos de passar por aqui. Venha conhecer-nos em "A Paixão do Cinema"

Alma de Poeta said...

A ausência de quem se ama é sempre dificil. Gostei do poema. Boa semana. Beijo

Euroafricana said...

Liindo o teu poema, Liz! Precisava disto, esta noite! Obrigada pela partilha!
Fica bem!
xi♥

http://fotobloguice.blogspot.com/

Anonymous said...

:( OH